Água inteligente: detecção de vazamentos e desperdício de água

As empresas públicas de água lutam contra a infraestrutura obsoleta e precisam de soluções inteligentes para detectar vazamentos, reduzir o desperdício e tomar decisões bem informadas. Saiba como Cingapura e o estado do Colorado usam tecnologias inteligentes para preservar a água e economizar tempo nas avaliações das condições.

Os gestores da água estão lidando com sérios desafios de infraestrutura, incluindo vazamentos de tubulações, rupturas na linha principal e um gerenciamento de ativos ineficiente. O desperdício de água é um problema particularmente importante. De acordo com um estudo da Global Water Intelligence de 2017, 24% dos países analisados apresentaram um índice de desperdício de água superior a 40%.

Ao usar sistemas e tecnologias inteligentes, no entanto, os gestores da água podem enfrentar esses desafios com maior eficiência. As soluções inteligentes, que incluem equipamentos, redes inteligentes e análise avançada, podem ajudar a reduzir a perda de água e os reparos desnecessários, para que os gestores da água possam investir em infraestrutura da água.

Tecnologias inteligentes da Xylem para a detecção de vazamentos e avaliação

A Xylem ampliou seu portfólio de soluções inteligentes para resolver os maiores problemas do setor da água. A marca Pure Technologies da Xylem oferece soluções inteligentes para avaliação das condições de tubulações, detecção de vazamentos na linha e monitoramento. A Visenti, adquirida pela Xylem em 2016, oferece soluções de software e hardware para análise inteligente da água, detecção de vazamentos e prevenção de vazamentos.

A SmartBall da Pure Technologies, por exemplo, é uma plataforma de detecção de vazamentos de fluxo livre que opera enquanto a tubulação continua em operação. Ela pode realizar longas inspeções em uma única implementação. A SmartBall é equipada com um sensor acústico que identifica anomalias acústicas associadas a vazamentos e bolsas de ar. As marcas acústicas são analisadas para determinar se são vazamentos, bolsas de ar ou ruído externo.

Outra ferramenta de avaliação das condições é a plataforma PipeDiver da Pure. É uma ferramenta versátil de nado livre que usa o fluxo para se movimentar por uma tubulação. Ela tem sensores eletromagnéticos especializados para identificar e localizar vergalhões sobrecarregados, que são os principais componentes estruturais de PCPs e PCCPs, e os principais indicadores de que um tubo apresentará falha.

As soluções da Visenti incluem três produtos principais: View, LeakView e SurgeView. View é a principal plataforma de análise da Visenti que permite que as empresas públicas coletem e analisem todos os dados em um único lugar, enquanto que o LeakView e o SurgeView incluem hardware que pode rastrear desperdícios de água e detectar e localizar falhas na tubulação em tempo real.

Caso: Metropolitana Milanese, Itália

Empresa pública localiza e conserta vazamentos não detectados anteriormente

Desafio:A Metropolitana Milanese gerencia os serviços integrados de água para a cidade de Milão, que tem mais de 2295 quilômetros de tubulação. A empresa pública identificou uma linha de transmissão crítica que precisava de inspeção. A linha de água é feita em aço de 1200 mm e está localizada no centro de Milão. Embora a linha tenha sido instalada em 1982 e não seja especialmente antiga, a importância que tem para a rede torna sua avaliação prioritária.

Solução e resultados:A Metropolitana Milanese avaliou uma seção de 9 quilômetros da linha usando a ferramenta de detecção de vazamentos SmartBall. Essa tecnologia foi escolhida para permitir que a linha de transmissão permanecesse em operação durante a inspeção, um requisito essencial. A inspeção com a SmartBall identificou 23 grandes vazamentos. Como a vazão geral da linha é alta, os vazamentos não eram detectados com o equipamento tradicional de medição.

Caso: Public Utilities Board de Cingapura

Empresa pública reduz o desperdício de água a 5% de toda a água produzida

Desafio:Cingapura é uma das cidades mais sobrecarregadas do mundo no que diz respeito ao abastecimento de água, com pouco terreno para coletar e armazenar águas pluviais. A água provém atualmente de quatro fontes: captura local, água importada, água recuperada purificada e água dessalinizada. Devido à quantidade limitada, a preservação da água e a redução do desperdício estão entre as principais prioridades dos gestores da água na cidade.

Solução e resultados:Mais de 300 sensores da Visenti foram instalados na tubulação de abastecimento de água potável de Cingapura para detectar vazamentos. A solução, incluindo análise avançada, permite que os gestores da água detectem vazamentos e rupturas em tempo real, prevejam a demanda e simulem operações. Usando esse sistema, Cingapura conseguiu reduzir o desperdício de água a apenas 5% de toda a água produzida, um dos índices mais baixos do mundo.

Caso: Homestake Water Project, Colorado

Tempo de inspeção da tubulação reduzido de cinco meses para um único dia

Desafio:O Homestake Water Project é uma empresa conjunta entre Colorado Springs e o município de Aurora para coletar e transportar água das montanhas para as comunidades que atendem quase um milhão de pessoas. Parte do projeto inclui uma tubulação de 70 quilômetros que sofreu falhas catastróficas no passado. Iniciada em 2006, uma avaliação das condições de diferentes seções da tubulação levou cinco meses distribuídos ao longo de um período de cinco anos.

Solução e resultados:Quando chegou o momento de inspecionar novamente a tubulação, o Homestake Water Project decidiu usar a plataforma PipeDiver. Após um planejamento cuidadoso, o PipeDiver terminou sua inspeção eletromagnética de todos os 70 quilômetros de tubulação em um único dia. A plataforma localizou e quantificou os vergalhões sobrecarregados e identificou as seções da tubulação que apresentam maior sobrecarga. Isso permitiu que os gerentes do projeto tomem decisões melhores sobre reparos e substituições.

Série de artigos

Em foco: Tecnologia e gestão inteligentes da água

Começar a ler

ASSINE NOSSO BOLETIM