Resolvendo seus desafios de gestão de águas pluviais

A gestão de águas pluviais está cada vez mais difícil, pois as empresas públicas de água devem lidar com eventos climáticos extremos, o crescimento populacional e uma infraestrutura obsoleta. Faça download do novo manual da Xylem, The Complete Guide to Stormwater Management, para saber como resolver desafios relacionados às águas pluviais, com o planejamento, a tecnologia e os parceiros certos.

Se as chuvas de 2017 e 2018 nos ensinaram algo, foi que as empresas públicas de água não podem mais confiar nas médias históricas de chuvas ao fazer o planejamento para águas pluviais.

Nos EUA, 2017 foi a temporada de furacões que causou mais estragos econômicos, com danos de 306,2 bilhões de dólares provocados pelos furacões Harvey, Irma e Maria. Em 2018, os furacões Michael e Florence causaram uma enorme destruição na Flórida e na Carolina do Norte, as enchentes das monções devastaram o estado de Kerala, na Índia, e fortes chuvas causaram a pior enchente dos últimos 35 anos no Japão.

As precipitações já aumentaram de 5 a 10%

De acordo com um novo estudo publicado na revista Nature, a mudança climática nos últimos anos intensificou a quantidade de chuva durante furacões em cerca de 10%. O estudo revelou que o aquecimento da atmosfera e dos oceanos Atlântico, Pacífico e Índico fez as precipitações aumentarem entre 5 e 10%.

“5 ou 10% a mais de chuva pode fazer uma grande diferença, a capacidade dos sistemas de águas pluviais de um município pode ver-se superada com essa quantidade extra de precipitação”, disse James Elsner, um cientista atmosférico da Florida State University, ao jornal The Guardian.

Um novo manual sobre gestão de águas pluviais para épocas de incerteza

As tempestades extremas não ameaçam apenas os países desenvolvidos que contam com menos infraestrutura, mas também causam danos enormes em áreas urbanas densamente povoadas. A maioria dos sistemas de águas pluviais não foi construída para resistir às precipitações extremas que ocorrem em consequência da mudança climática.

Para ajudar as comunidades a se prepararem para tempestades extremas, a Xylem criou The Complete Guide to Stormwater Management. O manual gratuito aborda tudo o que as empresas públicas de água precisam saber sobre a gestão de águas pluviais, inclusive: projeto de estações de bombeamento; detenção, monitoramento e controle de águas pluviais; atenuação de enchentes; e estações de bombeamento para controle de fluxo.

Resolvendo seus desafios de gestão de águas pluviais

O novo manual da Xylem apresenta as percepções que a empresa coletou, ao longo de 60 anos de trabalho com desafios relacionados às águas pluviais, para ajudar consultores, engenheiros e planejadores a resolver algumas das situações mais exigentes relacionadas à gestão de águas pluviais, prevenção de enchentes e assistência.

Entre esses desafios, estão:

  • A falta de espaço nas cidades para o aumento das necessidades de bombeamento.
  • Não contar com sistemas de detenção para armazenar quantidades extremas de águas pluviais.
  • Sobrecarga de esgotos combinados e infraestrutura obsoleta.

A abordagem da Xylem para a gestão de águas pluviais é dupla: Primeiro, ajudamos os clientes a aumentar sua capacidade de adaptação. Fornecemos-lhes soluções de longa duração para gerenciar melhor situações relacionadas às águas pluviais de modo cotidiano.

Ao mesmo tempo, ajudamos os clientes a se prepararem para emergências. Com o clima tornando-se cada vez mais imprevisível e extremo, o planejamento para emergências é mais importante que nunca. Ajudamos os clientes a se prepararem para todos os tipos de desastres possíveis e depois, juntos, construímos um plano de contingência robusto.

Vídeo: Soluções da Xylem para a gestão de águas pluviais

Tomas Brannemo, presidente dos negócios de transporte e tratamento da Xylem, explica as soluções inovadoras da Xylem para a gestão de águas pluviais:

Quer saber mais?

Faça download do manual: The Complete Guide to Stormwater Management

Série de artigos

Em foco: Tecnologia e gestão inteligentes da água

Começar a ler

ASSINE NOSSO BOLETIM