Novo centro de convenções de Roma impulsionado pelas soluções da Xylem

O novo centro de convenções de Roma é o maior edifício a ser construído na cidade em mais de 50 anos. Abrange 55.000 metros quadrados no histórico distrital EUR de Roma e inclui um edifício de convenções com capacidade para 8 000 pessoas com um hotel adjacente. O destaque do centro é o “A Nuvem” (La Nuvola), uma estrutura de fibra de vidro translúcida suspensa dentro de uma gigantesca caixa de vidro que conta com um auditório para 1.800 pessoas.

O design moderno e arquitetônico do centro incorpora soluções inovadoras de logística e materiais tecnologicamente avançados. Inclui uma planta energeticamente eficiente para refrigeração, aquecimento, água quente sanitária e proteção contra incêndio que utiliza diversos produtos da Xylem. A solução da Xylem inclui bombas de perfuração Lowara Z10, dois conjuntos de booster Lowara GHV20 com unidades de velocidade variável Hydrovar e dois conjuntos de booster de combate a incêndio da Lowara GEM.

Máximo conforto com mínimo consumo de energia

Em um projeto tão complexo, um dos principais desafios para os engenheiros do centro era definir soluções de sistemas que assegurassem o mais alto nível de conforto com o menor consumo possível de energia, e ao mesmo tempo cumprissem com os regulamentos restritivos de grandes locais públicos. Para assegurar soluções eficazes de abastecimento de água quente e fria para esta conquista colossal da engenharia, a Eur SpA recorreu a Condotte SpA e a Xylem.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

“As longas e intrincadas vias do centro de convenções nos obrigaram a integrar arquitetura e tecnologia, estética e confiabilidade, conforto e funcionalidade” disse Luca Di Cesare, Gerente da Planta na Condotte SpA. “Os equipamentos e materiais tiveram de ser calibrados com precisão, de modo que o dimensionamento e a escolha de cada componente foram cruciais”.

Fornecimento de água confiável e sustentável

No coração do centro de conferências se encontra o sistema central de ar condicionado e aquecimento. Conta com duas unidades de refrigeração e cinco bombas de calor polivalentes para atender aos requisitos de refrigeração, aquecimento e produção de água quente sanitária.

A água é extraída de um lago próximo usando as bombas de perfuração Xylem Lowara Z10 e alimentada ao circuito de condensação. Uma vez coletada, a água é filtrada e transportada para as várias unidades de refrigeração para condensação, e depois retorna ao lago com um aumento térmico máximo de 5 °C para evitar danos ao ecossistema.

“Se algum problema, como a perda de energia na sala do transformador, fizer com que as bombas parem de coletar água do lago”, explica Di Cesare, “três bombas de respaldo Lowara FHF 90kW – instaladas especificamente para isso serão iniciadas. Por um tempo limitado, essas bombas coletariam água dos tanques de armazenamento e a forneceriam para as unidades de resfriamento”.

Bombas de circulação energeticamente eficientes

A água que sai das unidades de refrigeração e das bombas de calor polivalentes é colocada no circuito primário e transportada por uma série de bombas centrífugas de sucção final Lowara FHS e FHF (agora disponíveis como bombas de série e-NSC) ao circuito secundário, projetado para servir componentes como painéis radiantes, unidades de tratamento de ar e ar-condicionado de precisão. A água é então bombeada através do circuito secundário para todos os sistemas usando bombas Lowara FHS com controladores Hydrovar para uma regulação de fluxo ideal, garantindo uma economia considerável de energia.

Para água quente sanitária, foram instalados dois conjuntos de booster GHV20 com controladores Hydrovar – um grupo de baixa pressão para o piso térreo e um de alta pressão para o auditório A Nuvem. A qualidade da água é garantida pela inclusão de sistemas de tratamento de água com amaciadores de água e dosagem de cloro nas bombas de alta e baixa pressão.

Proteção contra incêndios

A alta confiabilidade dos sistemas da Xylem também foi um fator crucial na concepção do sistema de proteção contra incêndios do centro de convenções no valor de 300 milhões de euros. O sistema inclui dois conjuntos de booster de combate a incêndios da Lowara GEM, um para o centro de convenções e outro para o hotel adjacente, ambos projetados de acordo com a norma EN 12845 para sistemas de sprinkler automáticos.

Cada conjunto está formado por duas bombas de serviço elétrico, uma servindo de backup para a outra e uma bomba piloto usada para compensar eventuais perdas menores no circuito de incêndio. As bombas extraem água de dois tanques de armazenamento de 400 m3 para servir aos sprinklers e à instalação UNI, incluindo um sistema avançado de névoa de água projetado para proteger a madeira de cerejeira e o mobiliário de designer do auditório A Nuvem.

Implementação de sucesso

A construção do centro de convenções começou em 2008. As bombas foram instaladas gradualmente a partir de 2012, mas não foram colocadas em operação até 2016. “Não houve nenhum problema de inicialização”, diz Di Cesare. “A Xylem foi capaz de responder de forma mais adequada às nossas necessidades e expectativas.”

ASSINAR A IMPELLER

 

Série de artigos

Em foco: desafios atuais e futuros das empresas públicas

Começar a ler

Boletim