Desenvolvimento da maior estação subterrânea de reciclagem de águas residuais da China

A Xylem foi selecionada para apoiar o desenvolvimento da maior estação subterrânea de reciclagem de águas residuais da China. A nova estação de reciclagem de águas residuais de Huaifang, com 31 hectares, aliviará a pressão atual sobre o tratamento de esgotos no sul de Pequim e melhorará a qualidade da água do rio Liangshui.

De um conjunto de mais de 600 cidades em toda a China, quase a metade sofre escassez de água*. Pequim, a grande e densamente povoada capital chinesa, é uma dessas cidades que atualmente enfrentam uma grave escassez de água, e a água reciclada foi identificada como um componente importante do futuro portfólio de abastecimento de água da região.

Em 2013, o governo municipal de Pequim lançou um plano de três anos para acelerar a construção de estações de tratamento e reciclagem de águas residuais, a fim de aumentar o abastecimento de água recuperada para 4,13 milhões de metros cúbicos por dia, ou 1,1 bilhão de metros cúbicos por ano na região de Pequim. Essa iniciativa de progresso está ajudando a cidade a construir uma maior resiliência e um futuro mais sustentável. A água cinza será usada para fins industriais e municipais, enquanto que o lodo será tratado e reutilizado como aterro sanitário e fertilizante florestal.

Tecnologias avançadas de eficiência energética

A nova estação de tratamento subterrânea reduzirá o espaço ocupado em superfície, assim como conterá os ruídos e odores que emanam da estação. Quando concluído, o projeto beneficiará os moradores do distrito de Fengtai, na área de Huaifang da periferia de Pequim.

A estação contará com quatro biorreatores de 160 metros quadrados. Essa tecnologia elevará a qualidade da água reciclada ao nível quatro (IV) dos padrões de qualidade ambiental para águas superficiais. Isso significa que a água poderá ser usada para fins industriais, municipais, de paisagismo e outros.

A Xylem forneceu dez bombas elevatórias de fluxo de entrada de água, 320 misturadores para o tanque de aeração do processo de biotratamento, 52 bombas para a filtração com membrana do processo de reutilização da água e duas bombas para transportar as águas residuais tratadas a uma área úmida na superfície.

“Na Xylem, nós nos esforçamos para ajudar comunidades a resolverem seus problemas relacionados com a água e temos orgulho em desempenhar um papel fundamental neste projeto tão importante”, afirma Shuping Lu, presidente da Xylem na China. “O desenvolvimento incorpora tecnologias avançadas de eficiência energética que contribuirão de maneira significativa para um futuro sustentável e com água segura, ao mesmo tempo em que oferece vantagens ecológicas valiosas.”

*http://www.chinadaily.com.cn/china/2015-12/29/content_22850887

Série de artigos

Em foco: desafios atuais e futuros das empresas públicas

Começar a ler

Assine nosso boletim

Boletim