Misturador Flygt resolve problema gelado no Canadá

Durante o inverno frio, a região do Quebec, no Canadá, entra em congelamento, com temperaturas que muitas vezes chegam a -25°C. A bacia principal da Union Quarry estava enfrentando problemas durante os meses mais frios, pois os cabos e tubos das bombas se rompiam repetidamente. Este problema foi agora resolvido graças a um misturador submergível Flygt 4680 que impede a formação de gelo.

A Union Quarry Limited, fundada em 1936, é especialista na produção de pedra britada. A empresa está nas mãos da mesma família desde 1944 e tornou-se uma das principais produtoras de pedra britada da região do Quebec devido à qualidade e diversidade de seu produto acabado.

A bacia principal da empresa mede 30,5 metros de comprimento por 24,4 metros de largura, com uma profundidade de 12,2 metros. A empresa estava tendo problemas pela formação de camadas grossas de gelo na superfície da bacia da pedreira. Com a formação de gelo na superfície da pedreira, o peso do gelo pressionava os cabos e mangueiras expostos de suas duas bombas submergíveis Flygt B2151HT, provocando falhas no equipamento e exigindo que as equipes de manutenção fizessem reparos para que as bombas pudessem ser novamente colocadas em funcionamento.

Altos custos de manutenção

Os cabos das bombas danificados pela pressão do gelo geravam altos custos de manutenção para a pedreira. Era necessário alugar equipamentos regularmente para quebrar o gelo, com os custos chegando a 25 mil dólares ao longo de um inverno.

Além disso, o pessoal da pedreira era forçado a dedicar um tempo considerável à supervisão dos reparos. Os problemas de segurança também eram uma grande preocupação, pois o pessoal realizava a tarefa de liberar e substituir os cabos sobre as águas congeladas da bacia.

Como os custos de manter os cabos das bombas livres de gelo continuavam a subir, a Union Quarry recorreu ao escritório da Xylem próximo à cidade de Quebec para encontrar uma solução para o problema do gelo em torno de suas bombas instaladas e fazer isso da forma mais eficiente em termos de consumo de energia. O maior desafio foi pensar como evitar a formação de gelo ao redor das bombas submersas com um clima que chegava a -40°C quando também era considerado o vento.

FlygtMixerSolução: movimento contínuo da água

A Xylem rapidamente enviou um representante ao local para coletar informações. Após analisar as opções, a equipe da Xylem propôs a instalação de um misturador submergível Flygt 4680, que poderia gerar 6.134 N de força de empuxo para garantir o movimento contínuo da água dentro da bacia. O objetivo era usar o empuxo do misturador submergível para deslocar águas mais quentes do fundo da pedreira para a superfície, impedindo a formação de gelo.

Com a água em movimento contínuo em torno das bombas submergíveis, seria inibida a formação da grossa camada de gelo da superfície ao redor dos cabos. Para facilitar a instalação na pedreira, o misturador Flygt foi fixado a uma base de cimento sólida e o pessoal da pedreira preparou uma passarela de metal sobre a bacia no ponto em que o misturador seria submergido, próximo às bombas e cabos submersos.

noMoreIceResultado: nada de gelo, nem mesmo nos dias mais frios

As formações de gelo problemáticas que estavam danificando os cabos e equipamentos foram resolvidas quando o misturador submergível foi instalado. Com o misturador em operação, foi criada uma circulação contínua de água do fundo da bacia para a superfície e não foi possível a formação de gelo na área ao redor das bombas submergidas da pedreira.

O sistema de bombeamento passou a funcionar continuamente sem tempo de inatividade, mesmo durante os dias mais frios de janeiro de 2014. Foi obtida uma economia considerável, já que não foi mais necessário alugar equipamentos para quebrar o gelo e, o que é mais importante, os problemas de segurança foram minimizados.

Série de artigos

Em foco: Tecnologia e gestão inteligentes da água

Começar a ler

ASSINE NOSSO BOLETIM